O Blog Do Mendes

Todas as noites o meu amor vem da rua com um presente

Publicado em Azeite Excedentário por miguelaj em January 13th, 2008
Get the Flash Player to see the wordTube Media Player.
 

download

Todas as noites o meu amor vem da rua com um presente

Todas as noites, o meu amor
Vem da rua com um presente
Ás vezes traz um perfume
A vinho e aguardente
Ás vezes traz-me uma rosa
Em cada face a brilhar
E vem sempre com um sorriso
Que não tinha ao acordar

Todas as noites, o meu amor
Vem da rua com um presente
Uma camisa de marca
Com marcas de batom
Às vezes traz-me um cartão
A bater do plafond
E quando eu acho que já quase
Nada me pode espantar
Traz-me sempre o mesmo doce
Amargo de voltar

Todas as noites, o meu amor
Vem da rua com um presente
Às vezes vem com um livro
De cheques sem provisão
Há vezes que vem com uma jóia
De um amigo de ocasião
Mas quase sempre é um perfume
De outra mulher diferente
Todas as noites, o meu amor
Vem da rua com um presente

11 Responses to 'Todas as noites o meu amor vem da rua com um presente'

Subscribe to comments with RSS or TrackBack to 'Todas as noites o meu amor vem da rua com um presente'.

  1. AnAndrade said, on January 13th, 2008 at 4:34 pm

    Adorei!
    Não sei porquê, fez-me lembrar o “Saiu para a rua” do Rui Veloso.
    Não em termos de melodia, mas foi para lá que me remeteu.
    Parabéns…
    🙂

  2. Ayeye Bradzorff said, on January 13th, 2008 at 4:41 pm

    QUE qualidade.

  3. Mendes said, on January 13th, 2008 at 7:45 pm

    Obrigado, pessoal.

    Ana, o saiu para a rua por sua vez remete para o com açucar com afecto do chico buarque (digo eu…) Esta remte para ambas, claro. Mas é mais irónica, mais mão-na-anca, acho eu. Mas vem tudo daí.

    Vou tentar meter mais umas ainda hoje

    Ayeye, furar o cimento é preciso!

    Bem haveis
    mendes

  4. Farney said, on January 13th, 2008 at 8:37 pm

    Fantástico Mendes!

  5. AnAndrade said, on January 15th, 2008 at 4:46 pm

    Utilizei-a como “banda sonora” do meu blogue hoje… Espero não estar a violar direitos de autor nem coisa que o valha…
    😉

  6. Mendes said, on January 15th, 2008 at 6:03 pm

    Como nunca registei esta música, não há direitos de autor envolvidos…

    É para mim uma honra!

    bjs

  7. AnAndrade said, on January 15th, 2008 at 6:26 pm

    Obrigada!!
    (a malta está a gostar)
    Mas regista-a, depressa, que isto é um país de gente doida…

  8. Cátia said, on January 12th, 2010 at 9:16 pm

    É tão triste esta música, mas de uma beleza incrível. Gosto muito 😉

  9. Nuno said, on May 18th, 2011 at 12:00 pm

    Simplesmente genial, letra linda e o instrumental brutal, magnifico bom trabalho!!

  10. Aurea said, on June 20th, 2013 at 8:45 am

    Ola adoro esta musica, ja esta publicada?
    E muito bonita parabens

  11. Pedro Venancio said, on October 23rd, 2013 at 9:20 am

    Andava a procura dos acordes para tocar na guitara, mas tive que tirar sozinho… certo ou não… força ai.

    Intro (G Cadd9 G Cadd9) x2

    G Cadd9 G
    Todas as noites, o meu amor
    D G
    Vem da rua com um presente
    Cadd9 G
    Ás vezes traz um perfume
    Cadd9 G
    A vinho e aguardente
    Cadd9 D
    Ás vezes traz-me uma rosa
    Bm B7m Em
    Em cada face a brilhar
    F C
    E vem sempre com um sorriso
    D G
    Que não tinha ao acordar.

    G Cadd9 G
    Todas as noites, o meu amor
    D G
    Vem da rua com um presente
    Cadd9 G
    Uma camisa de marca
    Cadd9 G
    Com marcas de batom
    Cadd9 G
    Às vezes traz-me um cartão
    Cadd9 G
    A bater do plafond
    Cadd9 D
    E quando eu acho que já quase
    Bm B7m Em
    Nada me pode espantar
    F C
    Traz-me sempre o mesmo doce
    D G
    Amargo de voltar

    ® Refrão :
    Sim C G
    Mais noite menos noite
    A
    Talvez encontres
    C D(054030) G
    Tambem o presente para ti…

Leave a Reply